Adriana Xavier - da bela às Belas


Adriana Xavier, simbolizou uma forma de estar em manifestações que não era normal ser visto em Portugal. Adriana estuda atualmente na FBAUL o que permite facilmente concluir sobre muito daquele gesto.

Como digo no título a bela Adriana caminhou para as Belas Artes. Este foi o pretexto para vos falar do ato que ela proporcionou e, para quem nunca esteve numa manif, conseguir perceber o sentimento que é gerado naquele momento e que leva as pessoas a saírem das suas terras e a viajarem em busca de uma mudança governativa.

Sim, a Verdade é que eu gostaria de ter estado lá fisicamente mas não estive. Essas pessoas tinham o meu apoio à distância. Sabemos que sozinhos nada podemos mas, juntos, vamos sempre ser mais fortes que muitos daqueles que não sabem o que significa pertencer à Geração Millennials. Ser um Millennials significa por si só ser contra o consumismo desenfreado e, consequentemente, o capitalismo; significa querer lutar pela dignidade da pessoa humana e não pelo lucro das grandes multinacionais. Estas têm que perceber que existem para nos servir e não o contrário, como nos últimos tempos elas se têm sentido.

É preciso mudar e é por isso que destaco por cá a Adriana Xavier como uma personagem - alguém que simboliza uma forma de se comportar e de agir.

E como tal, das personagens, só conhecemos o que estas, pelo desenvolvimento da história, nos mostram. Fico, e acredito que muitos outros ficaram, à espera do desenvolvimento dos próximos capítulos desta personagem que não sendo a "Padeira de Aljubarrota" ou a "Celeste Martins Caeiro" é com certeza um ícone de um tempo. Um tempo em que a história acabará por tratar o Presidente Cavaco Silva com o peso destrutivo que ele teve. Com um Presidente como Marcelo Rebelo de Sousa  durante esta grande manifestação de 15 de Setembro de 2012, a História recente de Portugal, seria bem diferente.

Porém a Adriana é muito mais do que uma pessoa que quis marcar um momento. Ela numa entrevista afirmou que tem como sonho mudar o mundo, que tem como objetivo tocar no coração das pessoas e, por mim, mesmo estando eu ao longe e não a vivenciar aquele grande momento junto dela, digo que me conseguiu comover e ainda hoje me comove.

Ismael Guimarães, AD

Sou um jovem adulto com muita tendência para a inovação. Tenho alguns projetos na gaveta que estão lá à espera do momento certo, de conhecer as pessoas certas ou de encontrar os parceiros certos.

Neste caso, esses parceiros teriam que ser da área do marketing, do webdesign e da fotografia, bem como da área do capital (de risco) pois sem dinheiro nada se consegue. Está bem presente em minha vida que Dinheiro gera Dinheiro!

Sem comentários:

Enviar um comentário